Domingo, 14 de Julho de 2024 01:46
(93) 99227-6189
Amazônia Terras públicas

MPF e MPPA recomendam suspensão de leilão extrajudicial da Ponta do Cururu, em Santarém

Apesar de a Justiça ter suspendido o leilão da área em 2022, por suspeitas de irregularidades na documentação do imóvel, uma plataforma de leilões on-line lançou um novo leilão com a propriedade no final do mês passado

07/05/2024 10h44
Por: Redação / Blog QP
MPF e MPPA recomendam suspensão de leilão extrajudicial da Ponta do Cururu, em Santarém

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) recomendaram a suspensão do leilão da área conhecida como Ponta do Cururu, no distrito de Alter do Chão, em Santarém (PA), até que seja concluída investigação para verificar se a matrícula do imóvel é ou não resultado de grilagem – apropriação de terras públicas.

Apesar de a Justiça ter suspendido o leilão da área em 2022, por suspeitas de irregularidades na documentação do imóvel, uma plataforma de leilões on-line lançou um novo leilão com a propriedade no final do mês passado.

A recomendação para suspender o leilão foi expedida na última sexta-feira (3) pelo MPF e pelo MPPA. O não acatamento infundado de uma recomendação ou a insuficiência dos fundamentos apresentados para não acatá-la total ou parcialmente pode levar o Ministério Público a adotar as medidas judiciais cabíveis.

Investigações – Durante as investigações do caso, informações apresentadas por diversos órgãos públicos apontaram indícios de irregularidades nas transações que levaram à privatização do imóvel nos anos 80, que tem 140 hectares e foi registrado com o nome Paraíso Tropical.

Entre os órgãos que apresentaram dados sobre o tema estão a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Além disso, o MPF e o MPPA detectaram uma série de violações à lei nos processos relativos à privatização da área.

Os Ministérios Públicos ressaltaram, na recomendação, que a Ponta do Cururu é bem especialmente protegido em razão de seu valor ambiental, turístico e paisagístico, sendo direito de interesse de toda a coletividade, e não apenas um patrimônio da União.

Itens recomendados – O procurador da República Vítor Vieira Alves e a promotora de Justiça Dully Sanae Araújo Otakara recomendaram o seguinte à plataforma de leilões on-line Globo Leilões e à entidade em nome da qual o imóvel atualmente está registrado, a Associação Cristã de Moços do Rio de Janeiro:

a suspensão do leilão em andamento até, pelo menos, o encerramento de inquérito civil em trâmite no MPF que analisa a regularidade da privatização do imóvel;
que não transfiram a posse do imóvel até, pelo menos, o encerramento do inquérito.
Ao Cartório do 1º Ofício de Registro de Notas e Imóveis de Santarém, o MPF e o MPPA recomendaram:

que não realize o registro de títulos translativos do imóvel até, pelo menos, o encerramento do inquérito; e
que realize a averbação da recomendação do MPF e do MPPA na documentação do imóvel para garantir publicidade sobre o risco de retorno, total ou parcial, do imóvel ao patrimônio da União.

Fonte: MPF

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponto Final
Sobre Ponto Final
Sobre o município
Santarém, PB
Atualizado às 00h09
20°
Parcialmente nublado

Mín. 18° Máx. 33°

20° Sensação
4.61 km/h Vento
67% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/07)

Mín. 19° Máx. 32°

Tempo limpo
Amanhã (16/07)

Mín. 17° Máx. 33°

Tempo limpo
Ele1 - Criar site de notícias